hlvc.design

CCBB

O prédio, onde hoje funciona o CCBB Rio – Centro Cultural do Banco do Brasil, inaugurado em 12 de outubro de 1989, exibe estilos arquitetônicos variados: o neoclássico, presente na rotunda em suas colunas ornamentadas com a ordem jônica, o art nouveau, encontrado nas janelas externas e o art déco, encontrado na porta da entrada da Rua Primeiro de Março e no lustre em frente à bilheteria e nas portas do Teatro I.

A criação do CCBB foi uma oportunidade para resgatar a importância histórica e arquitetônica do edifício, aliada à iniciativa inédita, por parte de uma instituição financeira brasileira, de instalar um centro cultural multidisciplinar, abrangendo diversas áreas de manifestações artísticas.

CCBB e o Centro do Rio

Em uma análise mais ampla, podemos comparar a arquitetura do Centro Cultural Banco do Brasil às mudanças políticas, sociais e culturais da cidade do Rio de Janeiro. Podemos destacar o art nouveau e o art déco, que marcam a entrada no período moderno e que na cidade são representados pela construção de novos edifícios e pela abertura de vias como a Avenida Rio Branco, com o novo conceito de boulevard.

O território no entorno do Centro Cultural Banco do Brasil deixa de ser um polo de comércio e de transações econômicas (séculos XVIII-XIX) para abrigar um grande corredor cultural, que vai do Museu Histórico Nacional ao CCBB e atualmente se estende até o Museu de Arte do Rio.

O Viaduto da Perimetral, que antes ligava a Avenida Brasil ao bairro do Castelo, deu lugar a um extenso passeio público cercado de espaços culturais e praças, transformando toda a zona portuária da cidade em um imenso centro turístico. O Centro Cultural Banco do Brasil, que já era reconhecido internacionalmente como uns dos museus mais visitados
do mundo, ganha ainda mais notoriedade nesse novo espaço da cidade.

Biblioteca do CCBB

Criada em 1931, a biblioteca do Banco do Brasil é hoje uma importante fonte de consulta nas áreas de Arte, Literatura e Ciências Sociais. Ocupando uma área de 2.200 m2 localizada no 5° andar, onde mantém um acervo com cerca de 200 mil títulos, constantemente atualizado e conservado.

A pesquisa sobre o acervo é feita em terminais, por autor, título, editora ou assunto, e o leitor tem acesso direto às estantes. Lá é o local perfeito para pesquisar idéias para seus projetos, estudar as novidades e trabalhar com conforto e segurança.

Centro Cultural Banco do Brasil, CCBB-Rio 
Rua Primeiro de Março, 66

Projeto inspirado pelo CCBB

Website do Grupo de Estudos de Arquitetura de Museus

O Grupo de Estudos de Arquitetura de Museus – arquimuseus – faz parte da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ. 

O site já teve inúmeras versões e atualmente conta com o gerenciador de conteúdo WordPress. No projeto foi usado um tema simples, com uma leve inclinação art deco.

arquimuseus – https://arquimuseus.arq.br/

error

Aprendeu algo interessante? Por favor, compartilhe!